sexta-feira, 23 de julho de 2010

Aldeias do carso precisam-se na região de Sicó!

É uma ideia que apesar de já a andar a falar há anos não deixo de insistir, pois é importantíssima para a região de Sicó. Ao que me lembro, foi quando estive à frente da organização do colóquio
Desenvolvimento socio-económico promovido pelo património geológico e geomorfológico nas Terras de Sicó”, em 2007, que mais insisti nesta ideia, já que nesse colóquio estavam algumas pessoas supostamente chave no desenvolvimento regional.
A ideia é simples, porque é que ainda não temos aldeias dos calcários, ou de forma mais correcta aldeias do carso na região de Sicó? Será que não vale a pena potenciar algo que pode ser um poderoso cartão de visita da região de Sicó, à semelhança do que fazem as aldeias do xisto noutras regiões?
Claro que vale a pena, mas misteriosamente nada se tem feito em termos concretos para ultrapassar esta questão, mesmo que seja estruturante para a região. Temos dezenas de aldeias com potencial, muitas delas quase que completamente abandonadas!
Temos empresas de construção civil que se poderiam reconverter para este tipo de reconstrução, revitalizando também o sector da construção civil. Temos pessoas que até gostavam de investir, mas que vendo-se sozinhas não conseguem fazer nada...
Há até casos curiosos em que pelo menos um autarca da região de Sicó, que igualmente ignora esta ideia das aldeias do carso, comprou "inocentemente" casas de xisto a título pessoal e miraculosamente mais tarde estas mesmas casas de xisto são em aldeias que há poucos meses foram escolhidas para integrarem a rede das aldeias de xisto (após recuperação). É a triste sina da região de Sicó, há recursos, há potencial, mas apenas quem se move por certos meandros é que consegue fazer muitos tipos de projectos e para benefício pessoal...
Voltando às aldeias do carso, este podia ser um autêntico postal turístico da região de Sicó, é algo que sei que vale a pena lutar, mesmo que esteja a falar para as portas há anos. O dia há de chegar e aí muitos vão dizer que pena é que não tenha sido uma ou duas décadas antes.
Conheço muitos locais lindíssimos para recuperar, infelizmente apenas alguns ingleses, holandeses etc é que têm recuperado algumas casas de calcário. Há também alguns portugueses que recuperaram e alugam a bom preço, algo que tenho pena não poder fazer por falta de capital, mas mesmo assim já houve quem me pedisse aconselhamento neste tipo de projectos, algo que acedo de boa vontade, pois o conhecimento é para partilhar a bem da região de Sicó.
Não me vou alongar muito nisto, pois basta pensarem bem no assunto para verem o enorme potencial deste projecto. Muitos de vós, seja na região de Sicó ou não conseguem imaginar o valor desta ideia, portanto tentem de alguma forma mexer-se para que um destes dias tenhamos a primeira aldeia do carso na região de Sicó.

Sem comentários: